Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Corredor

"Para minha avó, professora Adalgiza "

Queria esquecer como estais fria
Queria esquecer como estais calada
Meu amor, como estais gelada...
Como estais quieta...
Do longo corredor, desligastes as luzes
No escuro, tateei a tua procura.
Onde estás, se não na fissura,
Que deixastes em mim?
Tanta coisa para ser dita, não mais ouves.
Tanta coisa para ser feita, não mais fazes.
Dizias que este mundo era lindo,
E que não querias ir.
Mas a tua presença impregnada no quarto,
Trancado ainda lá um meu pedaço.
No corredor, porém, estou só
Lembrando dos passos das tuas chinelas
Cessaram por fim, e num suspiro cansado
Ficaram muitas saudades dela...
E dela só.
Victor Yomika
Enviado por Victor Yomika em 20/10/2019
Código do texto: T6774653
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Victor Yomika
Belém - Pará - Brasil, 25 anos
166 textos (4383 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/19 16:06)
Victor Yomika