Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Quinta Estação. ~ *

Oh. Quantas desventuras!
Decidi silenciar meu coração
Errante sigo por estradas obscuras
De vagos sonhos, pura ilusão.

Esse amor, encheu-me de esperanças
Acalentou minha alma fria.
Agora restaram-me só as lembranças
Devaneios e melancolia.

Quão estranha nostalgia!
Dentro de mim, nasce a quinta estação
Em chuvas de saudade inicia
Finda-se na seca em uma deserta solidão.

Sâmya Costa
Enviado por Sâmya Costa em 24/08/2014
Reeditado em 09/10/2015
Código do texto: T4935736
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre a autora
Sâmya Costa
Campina Grande - Paraíba - Brasil
202 textos (10046 leituras)
2 áudios (326 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/01/20 00:00)
Sâmya Costa