Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Um quase soneto para dois mestres

Maestro magnânimo místico menestrel
na perfeição das notas bem escolhidas
em excelência e bolero, crescia Haendel
tanto que até hoje, nele, se valsa a vida

Capaz de seduzir Jon Lord em jazz rock
a grande estrela ao som do astro destro
mostrando a Sarabande, em outro toque
menestrel místico magnânimo maestro

Sarabande, que homenageada pelo Poeta
(Ricardo Camacho é sempre poesia certa)
anestesia de fato com pura chave de ouro

Poesia que lida, se vê cultura e se expande
e nos apressa em ouvir, a bela Sarabande
e põe Haendel, como de fato é, um tesouro


16-07-2019
23h22min

Ao ler o excelente soneto "Anestesia de Haendel" de autoria de Ricardo Camacho, o nosso Poeta Carioca,

E aproveitando, fazendo uma homenagem ao mesmo e a Haendel.

https://www.recantodasletras.com.br/sonetos/6696000
Murillo diMattos
Enviado por Murillo diMattos em 16/07/2019
Reeditado em 17/07/2019
Código do texto: T6697671
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Murillo diMattos
Casimiro de Abreu - Rio de Janeiro - Brasil
304 textos (3714 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/19 17:46)
Murillo diMattos