Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Que esquadra é esta?

Que esquadra  é aquela no horizote?

Estou vendo aquelas naus singrando
Mas que esquadra.aquem pertence ela?
Que sinal tem ela estampado nas velas
Atrevida nos meus domínios entrando.

Ó mar tenebroso do cabo das tormentas,
Direi ao vento e mar forte e impetuoso
Que sopre aquelas velas muito raivoso,
Ó ondas que nos meus domínios rebentas.

Estes marinheiros muito audaciososos
Entrando nos meus domínios! Atrevidos!
Pela forte tormenta ali serão engulidos
Pois estou vendo, insistem, são aguerridos.

Mas nisto, o gajeiro está no alto a gritar,
Olha, tu és o grande gigante Admastor.
Nós estamos entrando com muito valor
As naus são  Del Rei, tens que as respeitar!

O Admastor, muito furioso a perguntar
Qual é a vossa terra e quem é seu rei?
Eu apenas os vejo a transgredir a lei,
Eu darei ordem, para o mar vos afundar.

Aqui vai, o Almirante Bartolumeu Dias,
Enfrentamos a ti ó gigante Admastor.
Aos portugueses, não podes causar terror
Porque lutamos e tu não nos enfrentarias.

Estas caravelas, são Del Rei de Portugal,
Estes marinheiros são os heróis do mar.
Vamos a caminho das indias para negociar!
Povo Nobre de Portugal, não há outro igua.

J. Rodrigues (Galeano)12/11/2017
 

Galeano
Enviado por Galeano em 19/11/2017
Código do texto: T6176491
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Galeano
Portugal, 83 anos
665 textos (112090 leituras)
14 áudios (2011 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/11/19 09:24)
Galeano