Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tilintar De Taças


O relâmpago risca o céu em visível clarão
Estremecendo meu corpo nesse divino fado
De amar-te ao relento com intensa paixão
Que transita na essência do coração olvidado.

Pensamentos frementes ruborizam a face
Desejando a imortalidade do amor em realce
   —   Na plácida poesia escrita vagamente
Deixei marcas da saudade, que assolava inclemente.

Nas manhãs de roseiras vermelhas e orvalhadas
Lamentando a chegada do outono, das flores o recesso
Os olhos incolores do destino com lágrimas espalhadas
Pressentia agonia no jardim e ânsia de teu regresso.

Naquela noite, no tilintar de taças abruptamente,
O aroma do vinho envolveu-me ardentemente
  —   Quando ao teu supremo toque subitamente
Encontrei-me em teus braços  fortuitamente.
Verdana Verdannis
Enviado por Verdana Verdannis em 19/05/2019
Código do texto: T6650998
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Verdana Verdannis
Fortaleza - Ceará - Brasil
233 textos (22296 leituras)
54 áudios (2774 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/11/19 13:31)
Verdana Verdannis