Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMOR TRANSCENDENTE II . . .

Momentos surreal de um
Amor metafísico
Refletindo no espelho
Da minh’alma.

Como em minha mente
Lento e languidamente
Relembrando o passado.
(Passo a passo)

Sem ferir ou sensibilizar
Forças superiores de seres
Desconhecidos ou nem
Acreditado pela maioria dos
Mortais.
 
Em lembranças,
Me fora presenteado.
Momentos vividos no passado
Não muito distantes, mais trazidos
Como joias brilhantes em flesh’s

Eu, ela sempre presente em
Capítulos de uma história sempre
Nossa, só nossa.
Pois verdades de um grandioso
Amor nem o pos-mort apaga.

Frente um ao outro em momentos de
Amor só visto em cenas de Hollywood.
Ficamos não sei por quanto tempo
Em pé, abraçados ternamente
Aos pés de nossa Cama
Na reconciliação de uma separação.

Beijávamos suavemente e nos
Acariciávamos, beijamos novamente
Com olhos suplicantes em pedidos
De desculpas pela dor de uma
Separação que jamais queríamos
Ou fosse Justificada.

Nunca vou esquecer suas mãos
Suaves, pequenas em carinhos e
Caricias passeando sobre
Meu rosto, como que me
Identificando como cena real.
Jurando nunca mais nos separar.

Nas vidas dos que amam como
Nós, aconteceu.
Na intervenção de ‘’Deus’’ e anjos
Que sempre nos protegeu.
Nosso amor voltou maior e mais
Dimensionado que o amor
Que já tínhamos.

Construímos, edificamos em respeito e
Convivência que tantas vezes fora
Erroneamente julgado e desacreditado
 Por alguns que achavam que
Conheciam nossas vidas.
Ficamos tanto tempo em
Êxtase, prazer, alegria e medo.
Juramos nunca mais impor este
Sofrimento um ao outro.

Fizemos amor em reconciliação
Não sei por quanto tempo.
Caminhamos sobre nuvens
Reconhecemos nossos juramentos
E, nunca mais nos desentendemos.
Nunca mais nos separamos.

Para minha surpresa um dia "Deus"
A resgatou para si.
Nem o pos-mort diminuiu
A grandiosidade deste amor
Metafísico refletindo
No espelho da minh’alma.

Cada vez na releitura deste fatos
Carrego ternura nas lembranças
Deste amor, cada dia renovado na
Dimensão deste sentimento
Brindado na promessa do dia
Nosso casamento.

Em ato litúrgico perante as
testemunhas e convidados que
Lá estiveram as palavras ouvidas
Pelos presentes "Na alegria ou tristeza,
Na riqueza ou pobreza" ate que a morte
os separe"
Assim aconteceu da igreja ao cemitério.
A promessa fora cumprida.
E, eu aqui continuando.

Vivendo e recordando tudo, porque
Das minhas lembrança nada nem
Ninguém pode me separar, mesmo
Dentro do egoismo só meu, você
Continua só minha.

















MIGUEL ANGELO DOMINATO
Enviado por MIGUEL ANGELO DOMINATO em 04/04/2019
Reeditado em 22/08/2019
Código do texto: T6615631
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
MIGUEL ANGELO DOMINATO
Volta Redonda - Rio de Janeiro - Brasil
303 textos (3707 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/11/19 10:01)
MIGUEL ANGELO DOMINATO

Site do Escritor