Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Deusa do Amor

Que no brilho do fundo
dos teus olhos eu me perdi.
Oh graça tão divina que
forma em ti a tua imagem.
Tão formosa é essa imagem,
que mais bela é a tua natureza.
O cheiro dos lírios das
tardes de outono.
Brilha na tua face o nascer
sublime da alvorada.
E as sombras que em teu corpo
se forma é a noite que me atrai.
De amor por ti sou feito
então o amor em ti vejo.
E em teus olhos presa é
a alma minha.
Oh alma vivente, luz do
meu amanhecer.
E as cores quando pousa
sobre teu corpo, torna-se
então sublimes, no ato
do fôlego da tua vida.
E quando floresce, oh
luz, que irradia da flor,
que no ato do seu florescer,
torna-se então divina.
Então por amor fita
os olhos meus em ti
deusa do amor.
Tiago Rocha
Enviado por Tiago Rocha em 12/02/2019
Reeditado em 12/02/2019
Código do texto: T6572801
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (você deve citar a autoria de Tiago Amaral https://tiagoamaral2013.blogspot.com/). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Tiago Rocha
Salvador - Bahia - Brasil, 34 anos
1381 textos (23214 leituras)
8 áudios (125 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/02/19 20:26)
Tiago Rocha