Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PALHAÇO I . . .

Naquele dia...
Ao maquiar- se
Frente o espelho,
Em devaneios, sentindo-se
Incompreendido.

Seria mesmo palhaço?
Infeliz sem o amor
que o abandonou.
Seus negros olhos reluziram,
Enchendo-se de lagrimas.
Seus pensamentos confundiam,
Zombando.

Transformando-o num ser amargurado.
Ainda estava perdidamente apaixonado.
Tantos foram os anos, quantas alegrias.
O destino deu e roubo o amor de sua vida.

Hoje solitário só com o picadeiro,
Tem encontro marcado,
Lá podia ser o lugar ideal,
Para ter sua lapide.
Com a inscrição:

AQUI JAZ O PALHAÇO DAS MULTIDÕES.
ESTANDO ENTERRADO NESTE CHÃO.
PASSOU SUA VIDA VENDENDO ILUSÕES
A TODOS OS CORAÇÕES.
PARA SI, NADA.

MIGUEL ANGELO DOMINATO
Enviado por MIGUEL ANGELO DOMINATO em 17/11/2018
Código do texto: T6504787
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
MIGUEL ANGELO DOMINATO
Volta Redonda - Rio de Janeiro - Brasil
292 textos (3494 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/09/19 14:35)
MIGUEL ANGELO DOMINATO

Site do Escritor