Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

BARQUEIRO DA VIDA . . . I

Como navegador embarcado.
No oceano desta vida.
Venho por mares desconhecidos,
À deriva.

Atravessando tormentas, tempestades.
Cortando ondas.
Mantendo-me forte e teimoso.
Às vezes, frágil e cansado.
Avanço anos e anos sem descanso.

Minha embarcação nunca passa por reformas.
Nem eu. Assim como ela, envelheço.
Passamos por rotas desconhecidas.
Mares e portos suspeitos.

Repetidas vezes sendo feliz.
Tantas outras dominado pela solidão.
Quando já desesperançados.
Pensando em morrer errante.

Ontem olhei para o céu,
Buscando uma estrela guia.
Hoje vi você ao chegar ao cais.
Com um sorriso.
Como se estivesse, toda sua vida.
Esperando-me.
Ao encontrar-te você me acolheu.
Em seus braços.
Não volto mais ao mar.
Na noite da terra vejo estrelas cintilarem.
Você é o farol que me guia.
Iluminando minhas novas direções.

Agora calmo.
Sendo amante dos meus sonhos.
Quero viver para o nosso amor.
Depois de tantas viagens.

Volto a terra e para você.
Minha barca, abandonei.
Para outro barqueiro.
Que espero ter a minha sorte.
MIGUEL ANGELO DOMINATO
Enviado por MIGUEL ANGELO DOMINATO em 07/11/2018
Reeditado em 23/06/2019
Código do texto: T6496789
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
MIGUEL ANGELO DOMINATO
Volta Redonda - Rio de Janeiro - Brasil
297 textos (3601 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/19 02:09)
MIGUEL ANGELO DOMINATO

Site do Escritor