Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

COTIDIANO

A imensidão do teu espaço
Impede que sejas comparada.
Teu mar,
Gente que sob teu manto
Amam, crescem, sonham.
Tu és história,
Glória e praias
Altas e baixas perspectivas
Misturam-se num cotidiano
Acorda, bela dormente
Anjos que te necessitam
Saem a teu encontro,
Fogem dos límpidos lençóis
Cultivadores de sonhos, mas
Separados de ti nada são.
A cidade que dorme
Perde o despertar de seus Anjos.
Angelyto
Enviado por Angelyto em 06/11/2018
Reeditado em 07/11/2018
Código do texto: T6495771
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Angelyto
São José do Rio Preto - São Paulo - Brasil, 59 anos
194 textos (2852 leituras)
11 áudios (154 audições)
10 e-livros (225 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/19 09:45)
Angelyto