Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

COTIDIANO

A imensidão do teu espaço
Impede que sejas comparada.
Teu mar,
Gente que sob teu manto
Amam, crescem, sonham.
Tu és história,
Glória e praias
Altas e baixas perspectivas
Misturam-se num cotidiano
Acorda, bela dormente
Anjos que te necessitam
Saem a teu encontro,
Fogem dos límpidos lençóis
Cultivadores de sonhos, mas
Separados de ti nada são.
A cidade que dorme
Perde o despertar de seus Anjos.
Angelyto
Enviado por Angelyto em 06/11/2018
Reeditado em 07/11/2018
Código do texto: T6495771
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Angelyto
São José do Rio Preto - São Paulo - Brasil, 59 anos
231 textos (4138 leituras)
11 áudios (177 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/08/20 22:10)
Angelyto

Site do Escritor