Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

EGOÍSMO TERRENO

In  memorium  :   Angela
Sempre amada esposa.

Não consigo pensar em você,
Sem   que  lagrimas
Transformem  meus  olhos
Num raso lago de águas,
Azulada em seu espelho.
Lembro–me   o  dia  que  num
Dos nossos momentos,
Que foram tantos.

Sua  voz  límpida  e  transparente
Em  meus  ouvidos  dizendo:
“Como  seus  olhos  são  lindos “
Repetiu: me vejo refletida neles.

Você teve tanta beleza em sua vida,
Sempre ao meu lado.
E, tenha certeza, como foi e sempre será,
Por toda minha existência amada.

Jamais vou te esquecer, meus dias tem sido
Difíceis sem você,  sua ausência  me entristece .
Deus me deu, Deus me tirou você.
Tenho que pensar assim,
Pois  isto  é  meu  único  alento.

Quais são os desígnios  que  tenho  que  pagar
Pela sua falta.
Tantas lembranças são poucas para construir
Esta falta em meu egoísmo.

Tanto amor você  levou,
sinto-me  fragilizado.
Nesta  falta  irreversível .
Que  Deus  é  este que construiu sobre
minha tristeza.
Edificando este amor quase materializado ,
Impossível de ser vivido.

Talvez em outro  plano ?
Onde não exista morte ?
MIGUEL ANGELO DOMINATO
Enviado por MIGUEL ANGELO DOMINATO em 18/10/2018
Reeditado em 29/07/2019
Código do texto: T6479593
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
MIGUEL ANGELO DOMINATO
Volta Redonda - Rio de Janeiro - Brasil
292 textos (3486 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/09/19 09:55)
MIGUEL ANGELO DOMINATO

Site do Escritor