Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Desatino do tempo

Depois de tudo, o destino nos separou
Depois de tudo, o tempo nos uniu
O destino e o tempo, amigos ou inimigos ?
Por magoas e felicidades
Somente serão simplicidades

Somos dois amores sem nossos valores
O destino não quer nossa união
O tempo não deixará esquecer a voz do coração
Seremos dois, distantes sempre presentes
No calor de te esquecer e no frio de lembrar-te

Não temos tempo, só temos o destino
Num desatino estaremos de volta, a cantar uma canção e fazer tudo por emoção
Só te peço, não esqueça, permaneça
Nossa história como lembrança
Um amor que nunca acabará
E um dia, retornará
Paulo Acácio Ferreira
Enviado por Paulo Acácio Ferreira em 15/06/2018
Reeditado em 15/06/2018
Código do texto: T6365099
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Paulo Acácio Ferreira
Campinas - São Paulo - Brasil, 45 anos
369 textos (10645 leituras)
23 áudios (936 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/05/21 02:09)
Paulo Acácio Ferreira