Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ontem eu vi um cometa

Ontem eu estava com você, vi um cometa cortar o véu negro sem estrelas. Roubou- ás com seu sorriso, clareou a noite escura, a cortar o céu em cores azuis e verdes, rápido como seus beijos, intenso como raro. Flamejante obcecante, observar o céu, um rastro luminoso, uma pedra universal a queimar na atmosfera, ter sua era apreciada, sua beleza o reflexo da singularidade dos astros.

Hoje espero o telefone tocar, saber de ti, milhares de quilômetros o rastro do cometa corteja o universo com sua luminosidade. Sua mensagem em velocidade da luz, apreciar sua conversa em whatsapp.

Amanhã ele pode voltar, nosso amor pode durar, não sei o destino, a Deus pertence. Espero te ver, rever e entreter você, como o cometa, a saltar sorrisos teus, fazer-te lembrar-me para sempre, eterno amor

Ontem eu vi um cometa, mas não fiz um pedido, guardei-o para mim, usar no momento sublime heterno e fazer o meu pedido a estrela cadente: amar-te para sempre.
Paulo Acácio Ferreira
Enviado por Paulo Acácio Ferreira em 08/05/2018
Reeditado em 08/05/2018
Código do texto: T6330672
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Paulo Acácio Ferreira
Campinas - São Paulo - Brasil, 45 anos
369 textos (10645 leituras)
23 áudios (936 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/05/21 01:28)
Paulo Acácio Ferreira