Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

UMA TARDE FRIA

era apenas uma tarde,
tarde fria de outono
onde galhos e folhas,
de mãos dadas,
dançavam ao ritmo do vento.
no vazio de uma canção
seu nome invadia espaços
e um vulto desenvolto
vagava solto
na estrada da saudade,
sem direção,
era você
que nunca se foi
porque nunca aqui esteve,
caminhando porta afora,
com as chaves nas mãos
as chaves do coração
de alguém que ficou a escrever,
apenas a escrever
numa tarde fria de outono,
apenas uma tarde!
Jonas De Antino
Enviado por Jonas De Antino em 24/05/2017
Código do texto: T6008187
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jonas De Antino
Cajati - São Paulo - Brasil, 53 anos
667 textos (10014 leituras)
5 e-livros (99 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/09/19 09:02)
Jonas De Antino