Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

BOM DIA, SAUDADE

a manhã acordou
vestida de neblina
e, preguiçosamente,
se despiu do manto branco
ante os primeiros raios de sol,
no meio da cerração,
borboletas se confundiam
com folhas secas
sopradas ao léu pela ventania.
Acorda, meu bem, já é dia,
e advinha
quem apareceu para o café da manhã?
- Bom dia, saudade!
Quer puro ou com leite?
Jonas De Antino
Enviado por Jonas De Antino em 18/10/2016
Código do texto: T5796093
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jonas De Antino
Cajati - São Paulo - Brasil, 53 anos
667 textos (10014 leituras)
5 e-livros (99 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/09/19 10:03)
Jonas De Antino