Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sem discoteca ou Japão.


Tenho muitos planos e nenhum foco.
Eu não tenho tempo eu quero ver se eu posso.
Por a minha discoteca em dia.
Conhecer coisas do Japão que eu não conhecia.

Eu sou inconstante em constante evolução.
Já falei da dança e de uma estranha paixão.
Pelo Japão e sua cultura, tão rica e tão vasta.
Quero conhecer seus encantos e um dia para mim não basta.

Quero dançar em Tóquio como se fosse 1970
Quero ver se você me acompanha, quero ver se você me aguenta.
Porém tudo não passa de sonho e ficção.
Estou sem discoteca e não estou no Japão.

Tenho muitas ideias para compor poemas simples e complexos.
Gosto de fundir as cores do céu como corpos fazendo sexo.
E falar de amor sem mesmo ter alguém para amar.
Esta é a arte de se criar.

Eu sou inconstante e em constante evolução.
Eu já fui de paz e hoje eu quero revolução.
Um dia eu conquistarei todas as ilhas do Japão.
E assim realizar o desejo latente em meu coração.

De dançar no meio de Tóquio como se fosse a década de 70.
Quero ver se você topa, quero ver se você aguenta.
Enquanto eu não me realizo, eu vou escrevendo com o meu coração.
Querendo estar numa discoteca, no meio do Japão.
Diego Diamante
Enviado por Diego Diamante em 13/06/2018
Código do texto: T6363309
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Diego Diamante
São Paulo - São Paulo - Brasil, 28 anos
72 textos (749 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/10/18 07:14)
Diego Diamante