Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Felicidade caipira

Enquanto a chaleira chia, a gente pica o fumo, é o rancho da alegria, quem fica, não precisa rumo. Uma sanfona pra cantoria, o amigo violão, musicando a poesia, melodia virando canção. O descanso no braço da viola, a pinga da inspiração, toda tristeza se consola, calmaria no coração. Vida cabocla, que mesmo suada, não é pobre de emoção, no terreiro os grito da criançada, na capela o poder da oração. É semana de muito trabalho, mas domingo de casa cheia, dessa paz é que me valho, minha mesa é santa ceia.

Mario Sapateiro
Enviado por Mario Sapateiro em 27/07/2019
Código do texto: T6705613
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Mario Sapateiro
Taubaté - São Paulo - Brasil, 57 anos
869 textos (17262 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/19 08:50)
Mario Sapateiro