Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

(qualquer viagem)

quando olho pra você
o tempo para na retina

o sol insólito se perde
nos fiapos da neblina

o horizonte franze
e sutilmente se inclina

no hiato da vertigem
qualquer viagem alucina

não pede paz nem silêncio
é amor que desatina

sem cortina de fumaça
nosso céu se ilumina
Poemúsica
Enviado por Poemúsica em 27/01/2020
Código do texto: T6851999
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Poemúsica
Santo Antônio de Jesus - Bahia - Brasil
100 textos (1472 leituras)
14 áudios (312 audições)
1 e-livros (7 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/08/20 22:21)
Poemúsica