Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

minha morte

no alvorecer de amanhã
talvez não esteja mais aqui
meu coração está se desfazendo
talvez vá até a praia
quase minha Pasárgada
quero estar onde meu roxo se espalha no ar como as gotículas de mar
onde nada nunca foi importante
nem a minha própria dor
nem o meu próprio definhar
se morrer aqui,
seria um mártir,
e uma desgraçada
e uma fraca
se lá morrer
nada serei
se não, para mim,
adubo para violetas
kristiny
Enviado por kristiny em 16/11/2019
Reeditado em 16/11/2019
Código do texto: T6796167
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre a autora
kristiny
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil, 16 anos
107 textos (1042 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/08/20 02:27)
kristiny