Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

uma vez ela me disse que gostava dos seus olhos

essa menina
tem uma atitude estranha
usa camisas de botão
pula em costas
dançava com quem quer que fosse
colada
girava-a numa dança e me puxava pra si
me levou prum cantinho
gostava de sentir meu corpo tremendo
ouvia sua respiração,
era ofegante
tenho certeza que tem algo errado com essa vegana
ela tinha gosto de manga
e as tangerinas que ela comia toda noite antes de dormir
ela tocou meu nariz
essa menina
cuidado com ela
pulou nas minhas costas e disse "corre!"
ela ria como se fosse a melhor coisa que ela já fez na sua vida inteira
ela sorri no meio de um beijo
tem definitivamente algo estranho nessa menina
ela tem cheiro de sabonete cítrico
a pele dela é estranhamente sempre quente
tem sempre uma cor diferente nos seus olhos
brinca com sua língua curta
e mãos anormalmente pequenas
usa um top preto nas manhãs de sábado
dobrava as calças da escola até o joelho como se fosse o Aladdin
ela definitivamente odeia usar blusas
e sua confiança dançando me alucina
essa menina tem malemolência
me puxou pra dançar e colocou a mão na minha cintura
ela me conduz e nunca ligou de verdade para o quê estava tocando
me deixou dormir com ela aquele dia
e me deixou em casa no dia seguinte,
na moto roxa dela
ela se irrita quando brinco com seu piercing roxo no nariz
me pediu pra cuidar das plantas dela uma vez
me levou uma vez pra Barra de Cunhaú
e disse que ela o melhor lugar do mundo
uma vez me comprou um picolé de fruta
nunca vi ela sem uma roupa cintura-alta
e de um dia pro outro surgir com um boné roxo na cabeça
parecia mais feliz que nunca
ela faz artesanato com biscuit às vezes
e é apaixonada por sexologia
ela sempre me fala sobre isso
ela ri em situações estranhas
e é apaixonada pelos instrumentos dela
mas ela nunca me deixou tocar neles
uma vez fez comida pra mim
descobri que seu tempero favorito é o baiano, mesmo que não goste de coisas apimentadas
e sua boca do fogão favorita é a inferior direita
e que gosta mais de sal do que açúcar
e é muito, muito machucada
descobri que gosta muito de sua boca grande
e de sua clavícula
e que gosta de tocar os umbigos das pessoas apenas para ver sua reação
seu animal é uma tartaruga
e um dia vai ter um moleque chamado Caique
a casa dela é roxa
como quase tudo nela
e que ama mais do que todos eu já conheci
ela gosta de observar os sinais das pessoas
e seus tiques e comportamentos habituais
gosta de quando o cabelo está queimado de sol
e que quase sempre vai para a praia
e que tem uma protegida chamada Lunna
que ela ensinou tudo que ela sabe
e descobri que ela não sabe o próprio nome
e que gosta dos próprios seios
tem um piercing roxo na orelha
que ela usa com um brinco de tartaruga
descobri que ela aprecia as pessoas, é um talento
e que O Fabuloso Destino de Amélie Poulain é seu filme favorito
e que yakisoba e macarronada são seus pratos favoritos
o bolo favorito dela é de cenoura
ela fez pra mim uma vez
ela gosta da palavra s-e-n-s-u-a-l-i-d-a-d-e
uma vez ela me bateu de leve e eu fingi que doeu
ela ficou muito desesperada
ela disse que eu não ia ser pai do Caique,
eu disse que tudo bem
ela disse que não sabia como engravidar sem ter que dar a responsabilidade pra ninguém com quem ela tivesse dormido
eu sugeri uma ou duas opções
uma vez ela me fez dançar Seu Jorge com ela, foi incrível
aprendi a gostar de Seu Jorge
ela disse que gostava de "cantinho", da Ana Carolina
ela me perguntou coisas sobre a minha sexualidade
e aprendi uma ou duas coisas com ela
ainda não sei como chamá-la
letícia, kris, kristiny
ela disse que sentia que esses nomes eram uma apropriação de algo que ela não era mais
chamei-a só de vegana
kristiny
Enviado por kristiny em 03/11/2019
Reeditado em 03/11/2019
Código do texto: T6786413
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre a autora
kristiny
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil, 16 anos
107 textos (1043 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/08/20 23:55)
kristiny