Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

REDEMOINHOS



Quando há vento,
Sacode-me a alma.
O meu interno é um mar revolto.
Vou fervilhando o pensamento,
Deixando a vida calma,
Para cair um tormento.
Há escuridão nas entrelinhas,
Gritos e ranger de dentes,
Com fantasmas e tilintares,
Largando pedaços pelas esquinas,
Perdido e sem linimento.
Quando o vento cessa,
A paz retorna.
Vai-se aos poucos assentando
A poeira que deixou vestígios
Até que outro vendaval me encontre.
MADAGLOR DE OLIVEIRA
Enviado por MADAGLOR DE OLIVEIRA em 09/10/2019
Código do texto: T6765348
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
MADAGLOR DE OLIVEIRA
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil
794 textos (16288 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/19 16:55)
MADAGLOR DE OLIVEIRA