Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tanta coisa do sertão

Tanta coisa do sertão


Tanta coisa do sertão
doce e pamonha de feira
forró pé-de-serra e baião
tem inhame e macaxeira
cantoria e pinga com limão

um cheiro danado de bom
no arroz-doce e no mungunzá
na morena faceira o batom
o ceguinho a pedir e a cantar
na fole o trinado de acordeon
e na feira o sertanejo a dançar

tanta coisa no meio do sertão
o vaqueiro com seu terno de couro
o boi correndo do cavalo alazão
uma lua e um sol e um tesouro
o cirandeiro segurando uma mão
no sertão um relicário de ouro.


Rangel Alves da Costa
blograngel-sertao.blogspot.com
Rangel Alves da Costa
Enviado por Rangel Alves da Costa em 25/09/2019
Código do texto: T6753824
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Rangel Alves da Costa
Aracaju - Sergipe - Brasil, 57 anos
10723 textos (363047 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/08/20 19:34)
Rangel Alves da Costa