Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Na Bruma Da Tarde


  Na bruma da tarde, murmurei uma poesia
  Com a doçura de um cântico que reservei,
  Sentindo a falta das primaveras de melodia.
  Quando disseste-me do teu amor e chorei.

  O esplendor do dia se relfetia no mar
  Tão vivamente, em gigantescas ondas de alegria
  As imagens brotaram na mente a recordar,
  Das tardes exóticas até quando o sol morria.

  A primeira pétala ao cair da flor ... o beijo
  Nas horas movidas pelo tempo... o desejo
  Nas tuas mãos, minha vida e a  soberba felicidade
  Trouxeste até nós a essência da eternidade.

  Supremos momentos, diáfanos pensamentos
  Encantos relembrando as noites de luar...
  A estrela reluzente, pendurada no firmamento,
  Nossa fonte radiante de inspiração, sem hesitar..
Verdana Verdannis
Enviado por Verdana Verdannis em 16/06/2019
Código do texto: T6674620
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Verdana Verdannis
Fortaleza - Ceará - Brasil
315 textos (24315 leituras)
42 áudios (2146 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/19 10:37)
Verdana Verdannis