Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PUTA VELHA

a esquerda
abriu suas pernas magricelas e peludas,
como puta desdentada,
à luxúria do capitalismo,
trocando prazer por dólares alheios
misturados às cuecas e entre os seios.
hoje,
como puta velha e desdenhada,
lamenta-se, embriagada,
no balcão do bordel,
lembrando-se do último freguês
que levou ao céu
por uns míseros centavos de real!
Jonas De Antino
Enviado por Jonas De Antino em 28/03/2019
Código do texto: T6609540
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jonas De Antino
Cajati - São Paulo - Brasil, 53 anos
664 textos (9957 leituras)
5 e-livros (99 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/19 01:53)
Jonas De Antino