Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Salvador



Alma em cárcere que chora
Presa num corpo em grade
Grita e proclama liberdade
Sem retorno, veste mordaça

Viu uma saída de emergência
Um lápis e folhas em branco
Escreveu seus pensamentos
Transformando em poesia...

Eternizando sua voz no papel
Alma que fala e mãos à escrever
Instrumento divino e libertador
Uma ponte iluminada e levadiça

A inspiração que emoção atiça
Criando passagem na hora da dor
O bálsamo de alívio consolador
Ser poeta o tornou seu salvador!

By Claudia Florindo Corrêa
26/07/18
Claudia Florindo Corrêa
Enviado por Claudia Florindo Corrêa em 26/07/2018
Código do texto: T6401123
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Claudia Florindo Corrêa
Mangaratiba - Rio de Janeiro - Brasil, 49 anos
264 textos (3823 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/11/19 08:00)
Claudia Florindo Corrêa