Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Pena


Que pena!
quando na arena
tudo condena
 
Que Pena!
a vida ser tão obscena
 
Que pena!
o presente não engrena
o passado acena
o futuro ordena
e nada concatena
 
Que pena!
quando o amor aliena
quando alguém envenena
 
Que pena!
deixar de valer a pena
não ser mais serena
haver sempre uma hiena
espargindo melena
 
Que pena!
que pena!
que pena! ...
 
Morena,
linda flor de açucena,
torna a vida mais amena!


 
Edson Almeida Coimbra
Enviado por Edson Almeida Coimbra em 12/10/2017
Reeditado em 13/10/2017
Código do texto: T6140881
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Sobre o autor
Edson Almeida Coimbra
Santos - São Paulo - Brasil
26 textos (1783 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/01/18 05:57)
Edson Almeida Coimbra