Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


VERSOS À TOA

 
A primavera está assim posta:
verde toalha ... è assim que gosta
minha alma tão primaveril!
Pinto-a de belas margaridas
que aos sonhos dá guarida
de um jeito assim tão sutil!
 
Por isso trago minhas mãos cheias
e um sangue gentil nas veias...
E trago sonhos e trago risos
no viver desta estação...
Meus versos são uma canção
que cantar eu não preciso...
 
Por que ela apenas voa, voa,
nas rimas desses versos à toa...
A minha vida já está traçada
nos poemas que componho;
na ilusão e no sonho...
Com eles teci essa estrada... 
 
Estrada de espinhos e de flores,
de solidão e de amores...
Um poema é só mais um passo,
que me prende à Primavera.
Florir sempre eu quisera,
mas em versos me desfaço...


( Imagem: google)
Sonia de Fátima Machado Silva
Enviado por Sonia de Fátima Machado Silva em 09/12/2016
Código do texto: T5848342
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Sonia de Fátima Machado Silva
Coromandel - Minas Gerais - Brasil, 56 anos
1254 textos (52386 leituras)
13 áudios (611 audições)
2 e-livros (128 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/12/19 09:57)
Sonia de Fátima Machado Silva

Site do Escritor