Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O seu altar

Sonhando contigo, éramos felizes,
apesar das cicatrizes.
dos ciúmes,
o desejo sendo o nosso perfume...
O seu altar, acendendo galáxias no meu olhar.
A sua pele, o beijo nas tuas pestanas leves,
A delicadeza em nossos gestos,
O nosso desejo, despertos com beijos famintos e honestos, coração.
Sem malogro,
apenas a paixão era o nosso jogo,
Onde te queimavam os meus olhos, tamanho era o fogo.
Delícia,
Amava a tua expressão que envolvia inocência e
malícia, em nossas carícias....
Ainda quero o sabor do teu corpo, dos seus lábios, da sua língua,
Jamais permita que eu morra sem eles, à míngua.
Meus medos estão morrendo de fome Tigresa.
Contigo aprendi a tirar forças das minhas próprias fraquezas.
Barthes.
BARTHES
Enviado por BARTHES em 08/09/2019
Código do texto: T6740418
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
BARTHES
Arapoti - Paraná - Brasil
476 textos (5662 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/19 05:30)
BARTHES