Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

IRANDUBA


Iranduba,
Foi um prazer
Vir aqui te conhecer
Pisar em teu chão
Declamar um poema
Com respeito e gratidão
Por ter-me acolhido
Em teu coração

Iranduba, já fostes uma vila
Hoje, tens 37 anos de vida
Pela tua história, passei a ser teu fã
Ao descobrir que teus primeiros habitantes
Foram as tribos Mura e Apurinã

Desde 1995, coordenado pelo Projeto Amazônia Central
Seus Sítios Arqueológicos, são uma riqueza patrimonial
És o 11° município mais populoso do Estado
Tua terra preta fomenta o passado
Tuas frutas uma gostosura
Pois na gastronomia tens os sabores: cupuaçu, tucumã e pupunha
Nas artes, os artesãos de Acajatuba e Janauarí
Que geram renda a todos daqui

Iranduba, teus pontos turisticos
Apresentam a margem esquerda o Solimões
Confluindo a direita com o Rio Negro
Geograficamente bem distribuídos
Onde se veem as mais lindas paisagens
Como o Parque Ecológico Janauary
E a Praia de Açutuba
Praia do Japonês
E as Ruínas de Paricatuba

Porém, Iranduba
Pareces não ser mais a mesma
Depois da Ponte Rio Negro
Ficaste mais faceira
Mais admirada, mais cortejada
Pelos seletos habitantes
Desta região amazonida
Muito cobiçada e disputada

Iranduba, por São João Batista, abençoada
Pelo Rio Solimões e Rio Negro banhada
E por teu povo, muito amada

Iranduba,
Agora quero sempre te visitar

José Gomes Paes
Poeta e escritor amazonense de Urucará
Membro da Abeppa e Alcama

José Gomes Paes
Enviado por José Gomes Paes em 13/08/2019
Código do texto: T6719036
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Gomes Paes
Manaus - Amazonas - Brasil, 65 anos
228 textos (22615 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/09/19 03:25)
José Gomes Paes