Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TERCEIRA INFÂNCIA

um dia,
cortaram a linha do meu pipa,
furaram minha bola dente-de-leite
e esconderam meu estilingue;

um dia,
rasgaram meus gibis e meus livrinhos de bang-bang,
impediram-me de sair para brincar de esconde-esconde e
proibiram-me de tomar banho de ribeirão;

um dia
deixei de subir nas goiabeiras,
não podia brincar de pega-pega e
nem de médico deixaram-me brincar;

um dia
tiraram-me de debaixo das asas da minha mãe,
não tinha mais mingau nem comida sem cebola e
nem feijão sem alho!

um dia me deram trabalho
e a infância foi embora,
hoje dentro de mim chora
o menino mimado
criado debaixo das asas da mãe.

Estudei, trabalhei, envelheci
mas não esqueci
meus sonhos de menino:
“ viver em paz, seguindo meu destino!”
Jonas De Antino
Enviado por Jonas De Antino em 20/02/2020
Código do texto: T6870245
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Jonas De Antino
Cajati - São Paulo - Brasil, 55 anos
694 textos (10971 leituras)
5 e-livros (117 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 27/09/20 05:11)
Jonas De Antino