Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Soturno

Obro em ti, meu coração inquieto.
Moldo as dores, eu suavizo os cortes.
Sou o poeta do medo, Opero  em segredo..
Sao meus cães e amigos, os a beira da morte.
Nunca venço, e não me castigo.
Os olhos que tudo vêem, estão sempre comigo.
Se me firo agora, me recolho e cicatrizo.
São os duros momentos, os que aprendo e eternizo.
Thiago Herek
Enviado por Thiago Herek em 11/09/2019
Código do texto: T6742694
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Thiago Herek
Londrina - Paraná - Brasil, 41 anos
162 textos (3603 leituras)
3 áudios (61 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/07/20 21:23)
Thiago Herek