Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Melancolia

Desço as escadas do antro onde estou
E estaciono o meu corpo no último degrau
Ouço o silêncio da madrugada
Que lá fora me chama

Ao me erguer os meus ossos estalam
E ecoa o som da velhice
Rompendo a quietude da noite
Da inocente cadela

Que observa atenta
A destilada  cravo e canela
Dosada no copo a me sossegar

Amanhece e ninguém percebe
Que elas me aqueceram
No passar da melancólica noite

Ed Ramos
Enviado por Ed Ramos em 02/05/2018
Código do texto: T6325339
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Ed Ramos
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 60 anos
426 textos (5285 leituras)
23 áudios (1077 audições)
5 e-livros (931 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/19 12:43)
Ed Ramos

Site do Escritor