Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Noites de Coruja

De: José Borges/

Feito coruja fico nas noites de
Insônia solitária procurando
Dentro da minha mente onde
A, falta de amor.

Não faço drama, nem sou dramática.
Apenas degusto o sexto sentidos que é
Preciso em nos mulher.

Tem noites que não sinto nada e
O sexto sentindo só me faz sentir
Melancólica e não degusto o que
Escrevo.

Mesmo a noite sendo melancólica
Tenho bons motivos para escrever
Os outros sentidos que ocupam os
Espaços vazios dentro de mim.

Pois meus sentidos precisam que
Minha mente e meu corpo vivam

Bem o invisível.

Autoria: José Borges da Silva Filho
Poetahdasletras
17/09/2019









 

 


Poetahdasletras
Enviado por Poetahdasletras em 20/09/2019
Código do texto: T6749578
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Poetahdasletras
São Paulo - São Paulo - Brasil, 60 anos
1804 textos (29913 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/19 11:40)
Poetahdasletras