Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Memórias de um suicida

Andando...
Procuro a beleza da vida.

Irresistível, inexplicavelmente sedutor,
O grande brilho espectral
Que me atrai e devora;
Deslumbro-me com a beleza mórbida
E a cada passo me aproximo do abismo,
O desejo de saltar se torna inevitável a cada momento;

Por onde ando?
...
Eu sigo inerte,
É excitante estar só,
E a cada passo me perco mais;

Andando...
Procurando,
Desencontrando.

Acabei!

O que é ser feliz?
(uma vez ouvi dizer que a felicidade está na mente)
Mas a minha mente soturna,
Noturna,
Importuna
O meu semblante;

Você me vê um cisne branco,
Mas não vôo
Então onde está a minha felicidade?

As pessoas me olham,
Mas é tudo uma falsa cortesia,
Eles se agregam
E se apunhalam,
Obra de uma conjugue hipocrisia;

Eu gosto deste lugar,
Mas aqui estou só,
Eu e os corpos...
Corpos inertes
Que trabalham
 E se estapeiam;

Disputam um lugar,
Lugar imundo!


Desejando...
Amor

Sonhando...
Horror

Acho que sou feliz...
Aqui estou só.
Tiago Caian
Enviado por Tiago Caian em 04/07/2011
Código do texto: T3074707


Comentários

Sobre o autor
Tiago Caian
Aracaju - Sergipe - Brasil, 31 anos
200 textos (6317 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 28/11/20 13:23)
Tiago Caian