Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Do Céu Caem As Bombas

Ouvi o estrondo
Estalo que correu a fio o meu peito
Sangue fervendo
Tudo sem direção

Em minutos as ordens são dadas
Vamos todos, ateiem suas bandeiras!
Uma comoção central
Uma locomoção mundial

Azul, amarelo, vermelho, verde, brancas...
Hexagonais, cruzes, tricolores...
Vistas sempre pelos locais
Mas odiadas pelos internacionais

O som fazem todos correrem
Alguns estão protegidos
Outros a mercê
O que fazer?

Chegam os totais
Mentirosos ou não
Um, mil, milhões...
Alarmam globais

A água que desce pelo céu
Escorre pelos olhos
Esses que já viram tantas coisas
E só rezam para pararem de ver...
Hugo Guimarães
Enviado por Hugo Guimarães em 02/02/2020
Reeditado em 02/02/2020
Código do texto: T6856894
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Hugo Guimarães
Lauro de Freitas - Bahia - Brasil, 17 anos
37 textos (641 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/08/20 22:01)
Hugo Guimarães