Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Proclamação da Independência

Escrito em 18/12/2019

Eu chupo laranja, qual é?
Nasci na terra do café
Eu consigo ficar de pé
E ficar deitado até

Posso sair e dar uma volta
De mãos soltas
Não preciso de escolta
Nem de Alessandro Volta

Eu não quero seu figo
Escute o que eu digo
Para os rótulos eu não ligo
Ser livre eu consigo

Esse sentimento lascivo
De algo que não vivo
Um elemento passivo
Mas altamente reativo

Cala boca, bebê!
Você não observa, só vê
Tente e faça acontecer
Tudo o que escuta e lê

Melhor não tocar
Pra não me contaminar
Daquele lugar
De tanto debochar

All the young blues
Carry the news
Ao seu nome se faz jus
O caso se deduz

Sou livre para fazer o que quiser
Dizer o que disser
Estar onde estiver
E dar no que der

Não venha me copiar
Maurício Ccosta
Enviado por Maurício Ccosta em 20/12/2019
Reeditado em 12/04/2020
Código do texto: T6823587
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Maurício Ccosta
São Paulo - São Paulo - Brasil, 17 anos
117 textos (1182 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/09/20 15:28)