Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

POEMA (SEM RIMAS) PARA UM DEVASSO (QUE NÃO SABE AMAR)

Eu vejo as flores, o raiar do dia
E me preocupo em olhar o céu
Ele está lindo, com nuvens brancas
E meu pensamento vai bem além

E você que não age assim, que diz?
Qual seu intuito nessa sua vida?
Você que não respeita as criaturas
Tão importantes quanto você!

Os bons pretendem chegar a Deus
Sempre procurando fazer o bem
E você, nessa devassidão, por que?
O que vai ganhar com isso?

Subtrair de quem trabalhou anos
Objetos que lhe servem no dia a dia
Só vai piorar sua situação no futuro
Ser devasso não é vantagem, é crime

Faça como eu faço toda manhã
Aprecie as flores de um jardim
Observe o sol nascer, sinta seu calor
Imagine você em plenas nuvens

Vai ganhar muito com essa ação
Arrependa-se de seus crimes
Aprenda a cumprimentar as pessoas
Ofereça um sorriso para alguém

Você já gostou de alguém?
Sabe o que representa o amor?
Ah! Não tem facilidade nenhuma
Para se relacionar com uma pessoa!?

Mas é muito fácil gostar de alguém
É só ser bom, ser muito generoso
Saber se doar e sentir a dor alheia
Fazendo isso vai se sentir melhor

Compreenda que o mal que faz
Só deixa tristeza nos corações
Deixe o amor entrar na sua vida
Esqueça o passado e viva com ele

O mundo está precisando muito
De boas ações e pessoas melhores
Entre nesse rol, cultive  o bem
Verá que tudo vai mudar para você


Moacir Rodrigues
Enviado por Moacir Rodrigues em 14/09/2019
Reeditado em 14/09/2019
Código do texto: T6744712
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Moacir Rodrigues
Recife - Pernambuco - Brasil, 70 anos
1862 textos (35540 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/01/20 00:24)
Moacir Rodrigues