Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SALMOS DE UM POETA PECADOR

SALMO DE UM POETA PECADOR

Quando atravessei desertos,
você foi a minha sombra, de dia
e de noite, a minha luz
e com água da vida matou minha sede!

Quando cai
no mais profundo do abismo,
a sua mão me levantou,
por isso estou aqui.

Quando
a dor foi maior que o riso,
você foi o bálsamo de Gileade,
sobre as minhas feridas.

Quando meus pais se foram,
você foi como minha família,
mais que amigo, foi irmão!

Quando a luta ficou difícil,
você foi meu escudo,
meu tudo,
minha vitória.

Quando me perdi,
entre os atalhos da vida,
você me mostrou o caminho,
você era o meu Caminho!

Quando o inferno
caía sobre mim,
com luxúrias e tentações,
você foi minha luz,
iluminando as veredas do paraíso.

Quando estava triste e só,
só você para me dar alegria.

Quando tive fome
você multiplicou os peixes e os pães
e saciou meu coração
com o pão da vida!

Quando todos me acusavam,
você foi meu advogado,
meu defensor perpétuo!

Quando eu estava a caminho do Gólgota,
entre chicotadas e ofensas
você tomou sobre si
minhas dores e meus pecados
e carregou minha cruz pesada!

Quando eu pensei
que a morte havia vencido
você ressuscitou,
porque você é a Vida!
Jonas De Antino
Enviado por Jonas De Antino em 07/08/2016
Código do texto: T5721827
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jonas De Antino
Cajati - São Paulo - Brasil, 54 anos
670 textos (10102 leituras)
5 e-livros (99 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/11/19 15:28)
Jonas De Antino