Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amor

Essa loucura santa, corroendo o coração
Repousa  entre velas, a vida e  um caixão
Uma falta de  concepção, razão, extinção
Do senso, do tino, torna o gêiser erupção

Vulcão de toda matéria explodindo a pele
Martírio que o  tempo não apaga, e repele
A dor da saudade, mão que o tempo nega
Para destruir esse algoz que coração rega

E cresce amor, e a loucura dentro do peito
Feito flor e  espinho, e  com beleza enfeito
Tua alma inquieta, que em mim faz festa...
E repouso aqui a sanidade que ainda resta.



Meri Viero
Enviado por Meri Viero em 02/11/2018
Código do texto: T6492787
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Comentários

Sobre a autora
Meri Viero
Guarapuava - Paraná - Brasil
1406 textos (43596 leituras)
2 áudios (125 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 27/01/20 07:14)
Meri Viero