Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Canção da Mata

De: José Borges/

Engaiolado desafina quando canta
Assim quando adormece sonha com
Seu canto levado pelo vento.

Adormecido sonha com a liberdade
Canta alegre a canção da mata para
Sua amada.

Em cada galho seco canta canções
De prece à chuva que venha o verde,
Flores e frutos...!

Mas para seu desespero amanhece.
Arde o sol em sua face, desce de seu.
Olho uma gota de lagrima que acende
A luz da realidade.

Autoria: José Borges da Silva Filho
Poetahdasletras
29/05/2019

Poetahdasletras
Enviado por Poetahdasletras em 30/05/2019
Código do texto: T6660501
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Poetahdasletras
São Paulo - São Paulo - Brasil, 60 anos
1889 textos (30538 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/01/20 00:07)
Poetahdasletras