Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Arvores Queimada

De: José Borges/

Não ouço o canto dos pássaros
Nem a magia do canto da cigarra
Só o cheiro de arvores queimadas.

O verde da mata se despede
Deixando as folhas mortas na
Imprudência de homens frios.

Arvores desnuda de folhas.
Galhos sem vida, despidos do.
Canto dos poetas das matas.

Autoria:José Borges da Silva Filhgo
Poetahdasletras
29/05/2019
Poetahdasletras
Enviado por Poetahdasletras em 29/05/2019
Código do texto: T6659598
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Poetahdasletras
São Paulo - São Paulo - Brasil, 60 anos
1895 textos (30573 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/01/20 19:14)
Poetahdasletras