Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Verdadeiro Natal

Eu tive um sonho
Um sonho gerânio
Sentado no balanço
Foi muito espontâneo.

Vi uma flor brotar
De trás da janela
Ninguém a viu plantar
Tal flor qu'é singela.

Essa primazia nasceu
E não fui eu que plantei
Ela veio de um judeu
O serviço era bem seu.

Foi nesse dia que aprendi
Tudo que nasce bem é teu
E foi por ele que nasci
E tudo em volta não é meu!


Tudo tem seu estigma
Tudo tem seu sentimento
Sua palavra é fidedigna
Tudo tem seu consentimento.

Nasceu em simplicidade
Numa pequena manjedoura
Um ser de humildade
De uma fé bem duradoura.

Esqueça do Papai Noel
O tal homem do presente
Ele não te dá o céu
Nem a vida eternamente.

O verdadeiro Natal
Cresce no coração
Esse não tem igual
É pleno de satisfação.

Pois lembre do sonho e a flor
Dois obras do autor do amor
Com Ele terás um Natal
De verdade e bem especial!



 
Eduardo de Melo
Enviado por Eduardo de Melo em 20/12/2018
Reeditado em 22/12/2018
Código do texto: T6531810
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Eduardo de Melo
Apuiarés - Ceará - Brasil, 38 anos
138 textos (3120 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/11/19 15:21)
Eduardo de Melo