Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Orquidário

Uma rosa
Para um morto
Que de olhos fechados, absorto
Viaja em pensamentos não mais vis.

Sem demora na prosa,
Carbonizado agora és,
Tulipas ilustram teus sonhos
E logo sumirá tudo o que diz.

Quem lhe dera a Pasárgada
Que todas as mulheres obtém.
Mas é o inferno que lhe convém,
Diante dessa vida amargada, infeliz.

Suspirando num último adeus
Na despedida deste mundo ordinário
Ali, bem diante dos meus
Vou jazendo em meu próprio orquidário.
Laura Xavier
Enviado por Laura Xavier em 26/08/2019
Código do texto: T6729387
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Laura Xavier
João Pessoa - Paraíba - Brasil, 24 anos
19 textos (1680 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/19 23:48)
Laura Xavier