Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Segredos

Confesso que a minha boca
Logo que sentiu a sua
Desejou não mais parar;
Pareceu, de pronto, desvendar
Manobra por manobra de seu beijo,
Mesmo sendo aquele o primeiro.
Sua face se prendeu a minha
Numa incomparável ânsia ardosa;
Procurei respiro em seu próprio ar,
Puxando de seu corpo
Um sopro a mais de vida;
Sentei. Um riso saiu de lado.
Estava trêmula da cabeça aos pés.
Lidiane Cristina
Enviado por Lidiane Cristina em 08/06/2020
Código do texto: T6971281
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre a autora
Lidiane Cristina
Açu - Rio Grande do Norte - Brasil, 30 anos
422 textos (7218 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/08/20 20:55)
Lidiane Cristina