Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Controversas

Quem engraçado, sinto-me só e muito mal acompanhado. Vejo o mundo me olhando desconfiado. Será que cometi um crime a ser desvendado? Penso que sim. E daí? Morro como outro qualquer.
Não queria pensar tanto. Tudo seria mais fácil. O que dizer do morto que se banha no rio metafísico? Será ele feliz ou um pobre iludido? Talvez responda Frederico.
E falando no martelo, maldito dia em que conheci os livros. Foram eles os matadores da menoridade esclarecida? Devo condená-los como condenaram o Cristo? Sei que são confessos, mas não arrependidos. Sem julgamentos. Por enquanto sigo a trilha das pegadas controvertidas. Foi-se o tempo dos comprimidos. Um salve as vozes que me habitam.
João Matos
Enviado por João Matos em 06/06/2020
Código do texto: T6969650
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
João Matos
São Lourenço - Minas Gerais - Brasil, 42 anos
23 textos (471 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/08/20 12:05)
João Matos