Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mãe.

As vezes preciso de tua voz, teu silêncio,
Entendendo tudo que sinto, sem te dizer.
As vezes queria morrer, mas tua mão me ergue,
E quando tudo parece escuro,
Você se torna minha luz.

Carrego a minha cruz sozinho,
Não, você me ajuda.
Sofre os prantos que se desprendem de mim,
Me conheces melhor que eu mesmo,
Pois antes de compreender o que era a vida,
Você mesmo sem me ver,
Já sorria pra mim.

E mesmo em meio a ingratidões e rebeldias,
Palavras pequenas que saem de meus lábios,
Não desiste desse ser fraco,
Pois honras teu status divino de Mãe.
DjavamRTrindade
Enviado por DjavamRTrindade em 21/02/2014
Código do texto: T4700469
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2014. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
DjavamRTrindade
São Paulo - São Paulo - Brasil, 34 anos
1785 textos (29834 leituras)
360 áudios (7199 audições)
1 e-livros (64 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/02/20 04:44)
DjavamRTrindade