Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Crise

É na angústia da espera
Que faz morada minha esperança
Uma pressão abissal sobre minha ordem
E um caos emocional emerge
Das profundezas sombrias da minha alma

O conforto vem de cima
Dos feixes de luz que
Timidamente atravessam as correntezas
Me alcançam ainda frios
Ainda penumbra

Avisto a sereia
Em busca de seu caminho
Rogo para que me aviste
Me resgate à superfície
Enquanto ainda tenho ar
Ulisses Granater
Enviado por Ulisses Granater em 28/07/2019
Código do texto: T6706947
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Ulisses Granater
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 43 anos
154 textos (6337 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/08/20 12:14)
Ulisses Granater