Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
            817232.png
                           
      
           INCERTEZAS


Quando das incertezas trazidas,
Dos vendavais de intrigas,
Que deslizam por todos,
Os cantos sem busca,
De reconcilio e acertos,
Vem a tempestade,
Devastadora, destruidora...
Derruba encantos,
Planos e metas,
Dos destinos destinados,
Outrora sonhados,
Margeados de canteiros e flores,
Hoje tudo murchado, secado,
Pelos dias vazios, sem meta,
Sem luz, sem raios,
Nada ilumina a escuridão
De mentes vazias,
Incompreensíveis figuras,
Antes humanas, hoje inúteis,
Bastardas, decaídas, indigestas...
Desiludidas imagens,
Transformadas em contaminados,
Vermes das incertezas da vida!

                           


Prosa Poética
Fonte:VERSOS SEM RIMAS
Autor: Prof.Roangas-Rodolfo Antonio de Gaspari
Imagens:Google


 
roangas
Enviado por roangas em 14/11/2012
Código do texto: T3985771
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2012. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
roangas
Porto Ferreira - São Paulo - Brasil, 73 anos
319 textos (74485 leituras)
36 áudios (5966 audições)
8 e-livros (1406 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/09/21 00:53)
roangas

Site do Escritor