Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto




O Fim 


O fim dum grande amor é triste...
muitas vezes acontece,
irreversivelmente.
Inicialmente discretos,
no decorrer do tempo,

os sinais ficam evidentes,
Tornam-se mais insistentes,
Intensos!


Os olhares apaixonados...
não seguem o mesmo caminho.
O coração ferido sangra...
sangra em demasia.
Ainda bate, fracamente...
bate devagarinho...
quase parando,
como luz de vela ao vento!


Os projetos de vida a dois,
ficaram distantes,
dia após dia...
mais distantes,
até serem inviáveis,
inalcançáveis...
inatingíveis...
vazios!


E o que houve?
Onde está aquele amor infinito?
E as juras  secretas?
Incompreensão?
Desavença?

Malquerença?
Desgate?
Vale a pena dicutir isso?

 
Agora, já não importa...
os sonhos se vão para outra porta,
n'outra direção!
Chora coração!
Chora de emoção!
Mas... vai embora,
chegou a hora,
é o fim de nossa história!


 
POST SCRIPTUM


Em sua eterna sabedoria, Vinícus de Moraes declarava...

"Eu possa me dizer do amor (que tive):
Que não seja imortal, posto que é chama
Mas que seja infinito enquanto dure."




 
Aluízio A C Amorim
Enviado por Aluízio A C Amorim em 07/06/2020
Reeditado em 10/06/2020
Código do texto: T6970137
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Aluízio A C Amorim
Teresina - Piauí - Brasil
150 textos (43691 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/09/20 22:51)
Aluízio A C Amorim