Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Muito

Me desculpe mas sempre que me embebedo lembro de ti
As vezes, tenho que escrever
Queria mesmo, eram as vezes que pude te ter
Pode ser que eu seja um homem mal intencionado
Fui realmente muito bobo em esperar ter tudo planejado
Sinto muito não saber esperar
Mas é que tenho medo que não vá voltar
Escolhi cada palavra de antemão
Pensei poder controlar toda emoção
Mas ah
És tão mais que isso
Não pude controlar, o teu bobo sorriso me dá toda vez um rebuliço
Escrevo esta sob a influência
Do que?
Questionas.
De muito.
Pedro Pazzini
Enviado por Pedro Pazzini em 22/02/2021
Reeditado em 23/02/2021
Código do texto: T7190818
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Pedro Pazzini
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 25 anos
20 textos (332 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/04/21 08:24)
Pedro Pazzini